19 janeiro 2017

descrição

Se em algum momento lhe fizer injustiça
Rogo-te que me tenhas por escusado
Saiba que está é a descrição
De um coração que tem muito amado.

Não falarei sobre a luz do luar
Nem tampouco sobre o céu estrelado
Se são românticos ou clichês
Não fazem jus ao teu retrato

Não há a quem se compare
Por isso falarei somente de ti
Pois em teus olhos há um brilho
E profundidade que jamais vi

Mais claro que o sol é teu sorriso
Mais precioso que diamante
Deixas os astros envergonhados
Por seres assim, tão radiante

Se eu soubesse, com justiça
Tal doçura expressar
Não poderia usar palavras
Pois no coração de quem te ama
Elas estão a faltar.

Nenhum comentário :