18 agosto 2013

ao acordar

Ao acordar
Num lugar tão longe do lar
Eu quero abrir a cortina
Pra ver as folhas caindo
No chão do quintal.
E pra lembrar de amar
Descer para o café
E encontrar na mesa
Uma toalha de flor bordada.

Nenhum comentário :