01 novembro 2017

o sonho de uma sombra - píndaro

A sorte dos mortais
cresce num só momento;
e um só momento basta
para a lançar por terra,
quando o cruel destino
a venha sacudir.

Efêmeros! que somos?
que não somos? O homem
é o sonho de uma sombra.
Mas quando os deuses lançam
sobre ele a luz,
claro esplendor o envolve
e doce é então a vida.

30 maio 2017

homem que sou

Sou pó
Do chão erguido
Por dentro, vazio
Da terra nascido
Até que em mim
Soprou a vida.
Sou vivo
Perfeito em essência
Um ser, completo
De vós, imagem
Até que em erro
Então caí.
Sou caco
Pedaços quebrados
Longe do eterno
Minha vida se esvai
De novo vazia
Retorna ao pó.
És vida
Glória do Pai
Esperança, enfim
Morreu pra que
A vida que és
Abunde em mim.
Sou teu
Enfim perdoado
De novo gerado
Fui vivificado
Por Vós adotado
Eternamente.

16 maio 2017

as horas

as horas não passam
exaustas, vazias
frias
como uma nota só
tocando incessantemente
ecoando no infinito
espaço entre nós.
as horas zombam
tão lentas
dançarinas sem talento
num salão sem luz
de um palácio vazio
numa cidade deserta.
então já não são as horas
já não são as notas
não é o salão
sou eu.
vou devagar
com meus olhos escuros
meus ouvidos fechados
e a falta de mim.